terça-feira, 27 de outubro de 2009

BRECHÓ, EU COMPRO E VC?



Ontem a tarde me perdi no mundo dos brechós virtuais.
Comecei fazendo uma pesquisa despretenciosa quando achei verdadeiras minas de ouro para os amantes da arte de garimpar em brechós, vi de tudo coisas lindas , coisas horríveis de dar medo.
Mas o que mais me cativou foi um brechó virtual chamado QUE CHUCHU, mas é realmente um CHUCHU mesmoooooo...
gente tem de tudo roupas da década de 50 onde infelizmente as mulheres eram super pequenas por que garimpei por lá e nada cabia em mim, não que eu seja "gorda" jamaisssss, mas diga-mos que sou "dotosa" entendam como quiser, ams seja lá oq eu entenderem não me contem..rsrs
Mas enfim voltando ao QUE CHUCHU, gente é um paraíso vc entra lá e se perde, nas décadas passadas.
Achei o máximo e até lembrei que com o guarda roupa de mamy eu poderia ter montado um belo brechó e comecei a pensar.
Como as roupas guardam memórias, lembro de um vestido bem década de 80 que mamy usava quando eu era pequena, gente o me sonho era crescer e herdar aquele vestido. Eu achava lindooooo ele era um modelos chamado popularmente pelo menos no nordeste de "mata o velho" calma, minha mãe não era chacrete nem o vestido era algo com cara de piriguete, olha lá o respeito hein?
Mas era o nome dado por se tratar de um modelo acima dos joelhos e com um punho na barra da saia que deixava o vestido ajustado, enfim este vestido de mamy era o meu sonho de consumo.
Eu achava ela linda com ele e queria ficar linda também, assim como um penhoar lindo azul cheio de florzinhas brancas que era da minha avó, que eu praticamente me apossei dele com unhas e dentes.
Eu aos 7 anos me sentia chiquerrima vestida naquele penhoar e calçada nos sapatos altos da minha mãe, eu circulava pro dentro de casa me achando uma atriz famosa de Hollywood...
Hoje lembrando de tudo isso eu fico imaginando quanta memória, quantas histórias pode conter uma peça de roupa essa é uma das graças de comprar uma roupa num brechó, vc não compra só uma roupa, vc compra uma história, a possibilidade de montar um personagem de outras épocas
que viajou no tempo e chegou até os dias de hj, linda, maravilhosa e cheia de charme um verdadeiro CHUCHU!
Enfim eu adorei minha viagem no tempo pelo site do QUE CHUCHU, e aconselho vocês a irem por lá, independente de comprar ou não.
Visitar outras épocas é muito divertido.
Segue aqui o site do brechó virtual http://www.quechuchu.com.br/
Ah!! Eles ainda tem um blog que é muito fofinho e tem produções bem legais por lá.
Vamos lá pessoal peguem os mouses cliquem nos links e boa viagem.

Um comentário:

Lydhia Góes disse...

Também adoro um brechó.. Renovo meu guarda-roupa sempre que posso com umas misturas que faço com coisas velhas minhas e que encontro nos brechós da vida..

Ah adorei o comentario no meu blog, valeu!!

Temos muitas figurinhas pra trocar, uma hora dessas trocamos emails. Beijos